domingo, 24 de agosto de 2008

Conclusão

A segunda guerra mundial terminou com 50 ou 60 milhões de mortos. As perdas foram superiores na Europa Oriental: estimam-se 17 milhões de mortes civis e 12 milhões de mortes militares para a União Soviética, 6 a 7 milhões para a Polônia (primariamente civis), enquanto que na França o número rondaria os 600 000.

O Holocausto comandado pelas autoridades nazistas, como parte da "solução final" para o "problema judeu", levaria ao genocídio de cerca de seis milhões de judeus nos campos de concentração, para além de outras pessoas consideradas indesejáveis, como membros da etnia cigana, eslavos, homossexuais, portadores de deficiência, Testemunhas de Jeová e dissidentes políticos. Milhares de judeus eram usados como cobaias em diversas experiências, o que acarretou a propagação de doenças como tifo e tuberculose. Após a guerra cresceram as pressões sobre a Grã-Bretanha para o estabelecimento de um estado judaico na Palestina; a fundação do estado de Israel em 1948 resolveria a questão dos judeus sobreviventes na Europa, já que parte considerável deles migrou para o novo estado.

O mundo iniciava uma nova fase histórica, de reconstrução e tentativa de impedir que uma onda totalitária se abatesse sobre ele. Os EUA e a União Soviética saíram do conflito como as duas potências mundiais e os dois pólos em torno dos quais se daria a redefinição política das nações.

8 comentários:

jaqueline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carolina disse...

no final vc filosofou d+
deveria deixar mais claro o q quis dizer, pra não ficar danda voltas e num dizer nada.

DrakeBell disse...

Pior que é D:

DrakeBell disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fabiana disse...

adorei essa conclusao pois me ajudou muito fazer o trabalho

frannn disse...

muitoo bom valew ....

frannn disse...

obrigada ... valew termineii meu trabalhoo

giovani cobhc disse...

ae vlw !!!